Horário de Funcionamento
Lojas

Segunda a sábado: 10h às 22h

Domingo: 12h às 20h

Consulte as opções de delivery e drive-thru aqui

Praça de Alimentação

Segunda a sábado: 11h às 22h

Domingo: 12h às 20h

Consulte as opções de delivery aqui.

Restaurantes

Segunda a sábado: 12h às 22h

Domingo: 12h às 20h*

Consulte as opções de delivery aqui.

*Podem estender o seu horário de funcionamento, consulte diretamente com a operação.

Detalhes - Acontece

Houve um tempo em que a cadeia de produção relacionada à moda tinha apenas a responsabilidade e missão de criar peças e torná-las rentáveis em determinado nicho, seja fast ou high fashion.

 

Fato é que vender e produzir em larga escala com baixo custo e alta margem de lucro ainda é algo praticado pelas marcas, porém esse processo passou a incluir um novo componente: sustentabilidade.

 

Outro ciclo adicionado a essa jornada foi a prolongação da vida útil das roupas por meio da reutilização das peças.

 

Assim surgiu o conceito de moda circular, que traz às empresas responsabilidade social! Continue a leitura e saiba mais sobre ela.

 

O que é economia circular na moda?

De forma simples, a economia circular na moda é um movimento que, principalmente as varejistas, estão adotando a fim de tornar suas roupas e cadeia produtiva eco-friendly.

 

Para isso, elas destinam espaços para criações novas feitas com materiais recicláveis e renováveis a fim de trazer longevidade às peças e não uma vida útil marcada por coleções, característica marcante do fast-fashion, que sai de cena para a entrada da moda sustentável.

 

Para tal, a moda circular prioriza pilares como:

 
  • mudança na confecção: a ideia aqui é observar e acompanhar os ciclos presentes da natureza, considerando que nada se perde e sempre pode ser transformado;
 
  • responsabilidade social: fortalecimento da relação com determinados públicos e nova conexão com outros, desconsiderando os estigmas da “moda padrão”;
 
  • circularidade: o incentivo para que empresas cultivem boas práticas produtivas e a partir disso contribuam para movimentos ambientais, culturas e, consequentemente, fortaleçam financeiramente um novo mercado;
 
  • menos produção: a reutilização de peças e automaticamente a acessibilidade que advém disso resultam em menor nível de produção por parte das marcas.

 

Qual a importância da moda circular?

Praticar a moda circular é uma atitude em prol do meio ambiente, pois sua base é a sustentabilidade e reciclagem.

 

Além disso, a economia na moda circular é uma atividade que traz muitos benefícios aos consumidores e lojistas. Alguns deles são:

 
  • ter conhecimento sobre a cadeia de suprimentos;
  • fortalecimento dos laços entre consumidores e fornecedores;
  • inovação;
  • rentabilidade;
  • transparência;
  • evitar roupas paradas;
  • aumento da vida útil das peças.

 

 

Como a moda sustentável funciona na prática?

O primeiro passo já muda totalmente o que antes era chamado de fast-fashion e, de fato, garante a sustentabilidade na moda. A cadeia de produção, além de trabalhar com materiais eco-friendly, é feita em menor escala, estimulando o consumo consciente.

 

Por exemplo, uma pessoa comprou uma peça de roupa, fez uso, mas em algum momento a deixou esquecida no guarda roupa. Então, ela pode ir até o ponto físico da  Repassa no Parque D. Pedro Shopping e vendê-la.

 

Outro consumidor, por sua vez, pode estar a fim de uma roupa exatamente como aquela e comprar no maior brechó on-line do Brasil.

 

Pronto! Assim o consumo sustentável acontece e um novo mercado se fortalece, visto que todas as partes envolvidas saem ganhando.

 

Está pronto para fazer parte da moda circular? Conheça a Repassa e ganhe 15% de desconto em compras online do Parque D. Pedro Shopping!